quinta-feira, 5 de julho de 2012

SINTE/SC vai a SED para questionar problemas no edital de remoção

Encerra o prazo para a remoção dos professores que desejam mudar de escola, previsto no edital publicado pela Secretaria de Estado de Educação. Contudo, a diretoria executiva do SINTE se encaminhou para a SED, na tarde de hoje, 04, para tratar dos vários problemas relacionados ao processo de remoção no estado de SC, já que as tentativas anteriores de contato com o Governo para a solução dos mesmos não surtiu efeito. Foram apontadas as seguintes deficiências no processo: 
1 – Lotação e remoção dos professores em atribuição de exercício;
2 – Alteração de carga horária;
3 – Lotação dos professores oriundos de escolas municipalizadas;
4 – Ponto 1.3 do edital de remoção (08/2012), que prevê a remoção para outra vaga com a mesma carga horária, ou seja, sem possibilidade de alteração da carga horária. Porém, o SINTE teve conhecimento através de comunicado enviado pela GERED Regional, que será possível a remoção para vagas com carga horária diferente da atual. O que causa uma confusão para o magistério. Afinal, o que tá valendo? O edital, ou o comunicado da GERED?
Diante dos fatos, o sindicato pretende se reunir com o Governo para que seja pensada a possibilidade da prorrogação do edital, que sejam corrigidos pontos em aberto nesse processo, e que nenhum trabalhador (a) saia prejudicado.
ASSESSORIA IMPRENSA SINTE – SC
9178-9026

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião sobre essa postagem é muito importante.
Deixe registrado seu comentário.

Postar um comentário